Xuxu Dal Molin cobra retomada de cirurgias eletivas em Mato Grosso


Foto: Michel Ferreira / Assessoria de Gabinete

O deputado estadual Xuxu Dal Molin (PSC) se reuniu com o governador Mauro Mendes (DEM) para pedir celeridade no programa que prevê a retomada de cirurgias eletivas nos 141 municípios mato-grossenses. O encontro aconteceu nesta terça-feira (19), no Palácio Paiaguás, em Cuiabá, em atendimento a demandas trazidas por prefeitos e presidentes de consórcios intermunicipais de saúde.

No início da semana, Dal Molin já havia tratado do assunto com os prefeitos de Alta Floresta e de Santa Carmen, respetivamente, Chico Gamba (PSDB) e Rodrigo Audrey Frantz (PSD), durante encontro em Sinop.

 Na ocasião, os gestores afirmaram que alguns pacientes tiveram o estado de saúde agravado devido a demora dos procedimentos cirúrgicos. Conforme ambos os prefeitos, entre as especialidades que requerem maior atenção, estão as cirurgias do aparelho geniturinário, cardiovasculares, neurocirurgias e oftalmológicas.

“A retomadas das cirurgias eletivas é algo que a gente vem cobrando desde o ano passado. Infelizmente chegamos numa situação crítica e que exige uma resposta rápida por parte do estado”, avalia.

Ao relembrar que o sistema de saúde quase entrou em colapso em virtude do aumento de casos de covid-19, Dal Molin recomendou a criação de uma força tarefa para destravar a aquisição de cirurgias diretamente pelas prefeituras municipais.

 “Existem algumas questões técnicas a serem solucionadas. O lado positivo é que o governador garantiu uma solução definitiva para esta semana. Segundo ele, as equipes da Secretaria de Estado de Saúde [SES/MT] estão trabalhando para normalizar a situação”, pontua Dal Molin.

Programa Mais MT Cirurgias – Em julho deste ano, o governo do estado anunciou a destinação de R$ 105 milhões para aquisição 138 mil procedimentos na rede público e privada de saúde.

O aporte financeiro pode ser acessado por qualquer estabelecimento de saúde, seja público ou privado, que se adeque às regras estabelecidas pela SES. Entre os requisitos para acessar o incentivo está o credenciamento do hospital junto ao Sistema Único de Saúde (SUS), a especificação do quantitativo de procedimentos eletivos a serem atendidos e o serviço a ser executado deve ser complementar às pactuações já existentes na unidade. 

Fonte: ALMT

Comentários Facebook