Zenildo pode desistir e dá prazo para Souza registrar candidatura

Uma verdadeira reviravolta na disputa pela prefeitura de Nossa Senhora do Livramento. Duas desistência de candidaturas majoritárias em sequência, com a criação de uma chapa que pode unir lados opostos. Essa composição seria encabeçada pelo empresário e pecuarista Silmar Souza (PSDB) e o vice-prefeito, o vereador Edmilson Brandão, o popular “21” (PSDB).

Após a desistência dos candidatos tucanos Dona Aparecida e seu vice Chico Monteiro, na quinta-feira (10), surgiu a possibilidade de Silmar Souza substituir o nome de Aparecida. Souza chegou a ser pré-candidato, porém foi preterido por Aparecida e Chico Monteiro.

Com a possibilidade de Souza ser escolhido, o candidato de oposição a chapa tucana, o ex-prefeito Zenildo Sampaio (PSB) declarou que desistiria da disputa, para unir os grupos, uma vez que o nome de Souza o agradaria politicamente.

Diante do recuo, o grupo de Zenildo buscou um nome dentro do PSDB de indicação deles. O escolhido foi o vereador 21. A proposta foi encaminhada aos dirigentes tucanos e ficou estabelecido o prazo de nesta sexta-feira (12), para o registro da chapa Souza e 21.

Delegacia

O candidato a vice-prefeito na chapa de Zenildo, o vereador Juca do Barreiro (DEM), ficou transtornado com a notícia do recuo do parceiro de chapa. Segundo informações, foi conversar com o aliado, junto com outros quatro homens. Nessa conversa inicial, Zenildo acabou se sentindo ameaçado e registrou um Boletim de Ocorrência na Delegacia da cidade. Ninguém foi preso. O delegado Adalberto Antônio de Oliveira irá ouvir Zenildo ainda nesta sexta-feira.

Após muita conversa, Zenildo e Juca do Barreiro se entenderam. Caso confirme a candidatura de Souza e 21, Juca do Barreiro voltará para a disputa de vereador.

Comentários Facebook